A ROSA DO FIM DO MUNDO ( CÂNTICOS PROFÉTICOS )

domingo, 26 de outubro de 2014

A Lápide


       











" Queime o seu demônio interior..."
   Jim Morrison 
  ( Poeta e Músico):

   Em sua Lápide  ( França ).







Ainda quente o corpo na lápide fria,
Singelo instante deteriorante,
Êxtase descarnal da injúria
Da despedida fugaz da vida.

Nas abomináveis noites nunca amanhecidas
Esplendoroso êxtase do momento
Saindo os vermes a cada poro do corpo
Sintetizados pelo próprio ser.

Hão de encontrar outra saída,
Na perambulante sordidez do desencanto,
E reinar a verdade absoluta
Tão próxima de nossas mãos.