A ROSA DO FIM DO MUNDO ( CÂNTICOS PROFÉTICOS )

sábado, 1 de novembro de 2014

CANTO DA TERRA VIAJANDO






As flores do mal não brotarão
Sob os teus olhos inocentes,
Nem os sacerdotes do medo
Abafarão com seus cânticos
Os hinos de liberdade.
Nem as profundezas da escuridão
Conterão as luzes dos teus olhos:
Plantadores de quimeras.
Seguiremos impassivelmente,
Apesar das inesperadas tormentas
Nesta nave celestial, errante
- Singrando este divino oceano,
Indo de encontro ao porto seguro
Do seu coração de eterna criança.



5 comentários:

  1. ........"plantadores de quimeras"......
    ......Acabo sempre por ser surpreendida pela sua profunda sensibilidade....
    Obrigada Luis :)
    Abraço !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anita: São os teus olhos! Eu que agradeço e fico sempre feliz com sua bela presença! bjs!

      Excluir
  2. Precisamos desta nave celestial em nossos portos seguros e seu (o seu poeta!) coração de criança. Assim cantaremos a Terra, a vida. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre é um privilégio tê-la sempre por perto, com sua poesia intrínseca na palavra espontaneamente escrita! fico sempre feliz em poder contempla-las,. minha Poetisa!

      bjs!

      Luis

      Excluir
  3. E quando estiveres cansada desa viagem,
    permita-nos repousar em teu e terno colo de mãe
    sempre gerador de esperanças...

    Dr, profundo seu poema hein! Abraços do Oton(PS Rochdale).

    ResponderExcluir